Gato urinando sangue, o que fazer?

Gato urinando sangue, o que fazer?

Gato urinando sangue e você está preocupado e não sabe o que pode ser isso? Saiba que esse sintoma é clássico da SUF – Síndrome Urológico Felino, conhecida também como doença do trato urinário inferior felino.

Essa doença é muito comum entre os gatos e entre os principais sintomas está a dificuldade em urinas, sangue misturado com a urina e o hábito de urinar fora da caixa de areia disposta aos bichanos.

Veterinários e especialistas no assunto apontam que entre os sintomas mais comuns da Síndrome Urológico Felino (SUF) está a obstrução do fluxo urinário causando dor e sinais como letargia, vômitos e debilidade, que é a fraqueza causada.

Gato urinando sangue pode ser SUF – Síndrome Urológico Felino – saiba mais.

A SUF é chamada também de “doença dos tempos modernos”, isso porque os animais, assim como os humanos, estão levando uma vida mais sedentária, o que acaba causando a obesidade dos bichanos, como mostra diversos artigos sobre o assunto. Então podemos dizer que é comum, em alguma fase da vida, um gato urinando sangue.

A insuficiência renal também é uma das principais causas de óbito entre animais pet, principalmente quando o assunto são os gatos. Entre a doença mais comum ligada a insuficiência renal está a SUF ( Síndrome urológico felino).
Isso se dá porque quando a doença não é tratada, o quadro pode elevar para uma insuficiência renal, levando o animal a morte.
Vários são os motivos que causam a SUF e entre as principais está a falta de atividade física e a desidratação. A obesidade, dieta seca, idade avançada e, nos gatos machos, com idade a partir de dois anos tem maiores chances de terem a doença.

Além do mais, especialistas afirmam que a doença pode causar o aparecimento de tumores e longos períodos de estresse por parte do animal.
Informações divulgadas pela clinica veterinária especializada em hemodiálise para cães, gatos e eqüinos, a Renalvet, a SUF ocorre quando os cristais de urina se combinam com o muco ao longo do trato urinário em gatos e acabam formando um tampão que bloqueia o fluxo da urina.

Os sintomas incluem um grande esforço para urinar, porém com pouca ou nenhuma produção de liquido, o que causa dor, sangue e micção inapropriada.
Ainda seguindo as informações, o gato que contrair a SUF e não tiver um tratamento eficaz e célere pode acabar morrendo.

O tratamento pode incluir dieta especial, terapia medicamentosa ou opções cirúrgicas.
Infelizmente as recorrências são comuns apesar do tratamento e dos melhores cuidados em casa. Por volta de 70% dos gatos afectados têm pelo menos uma recorrência; alguns gatos têm recorrências frequentes e requerem tratamento mais agressivo ou cirurgia.

Como evitar que o gato urine sangue 

A vacinação contra as doenças que atingem os felinos, o controle da quantidade de alimentos, dieta especial – no caso dos animais contaminados pela SIF, hidratação constante com água limpa, além de encaminhar o animal que apresentar os sintomas ao médico veterinário é o ideal.
Os gatos que apresentam os sinais da SIF deverão ser examinados o quanto antes e, no caso do animal apresentar obstrução, deverá ser feita a reposição de fluidos e medicação para estabilizar o animal deverá ser administrada.
Caixa de areia limpa e acessível, perda de peso em gatos obesos e redução do estresse a partir de mudanças na rotina. Os cuidados em casa são muito valiosos para prevenir novas obstruções.

Se a análise de urina revelar a existência de cristais, a dieta e a ingestão de água podem ser muito importantes para prevenir obstrução.

Gato urinando sangue – Tratamento

A linha a ser seguida pelo profissional veterinário pode variar entre o uso da medicação, cirurgia ou desobstrução por meio de sonda.

Outras opções são levadas em consideração como, por exemplo, o tratamento homeopático, dieta e outros.

Dicas Agrocampo Giordani
Essas e outras notícias podem ser acompanhadas semanalmente no nosso Blog Agrocampo Giordani. Conheça ainda nossa ampla linha de produtos agropecuários disponível no site www.agrocampogiordani.com.br

Tags: |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *